naom_565c32a93c59c.jpg

O estudo da Anatomy Media foi elaborado com base nas respostas de 2.700 jovens entre os 18 e os 24 anos.

Já era sabido que o acesso a conteúdos de forma ilegal é bastante popular na internet e que os jovens são os principais adeptos dos meios para o fazer. Com o estudo da Anatomy Media é possível ficar a saber que quase dois terços dos jovens usa algum tipo de pirataria ou de software bloqueador de anúncios (Adblock) na sua navegação na internet.

O estudo reúne as respostas de 2.700 jovens entre os 18 e os 24 anos, dos quais 69% admite recorrer a pirataria para ver conteúdos de vídeo na internet. Enquanto 42% diz recorrer a streaming através do computador portátil, 41% escolhe aplicações móveis e 17% usa sites de torrents para desfrutar de conteúdo de forma ilegal. Todavia, não parece ser esta a ideia dos internautas mais jovens. 67% dos inquiridos acredita que fazer streaming não autorizado de conteúdos na internet é legal.

A popularidade da pirataria de conteúdos é apenas equiparada à frequência com é utilizado software Adblock, com os mesmos dois terços a afirmar que usa estes meios de bloquear anúncios. Na verdade, nota o TorrentFreak que o estudo coloca a hipótese de a pirataria e o adblocking se ‘ajudarem’ um ao outro, verificando que muitos internautas que fazem streaming de conteúdos também têm instalado no seu portátil ou smartphone software que bloqueie anúncios.

naom_57e239b24e385.jpg

A tecnológica de Mountain View voltou atrás com na questão do armazenamento das conversas tidas na aplicação. Justificação está relacionada com o novo assistente virtual, o Assistant.

Conforme avançavam os rumores, a nova aplicação de mensagens da Google, a Allo, será lançada hoje para descarregamento através das lojas virtuais do Android e do iOS, a Play Store e a App Store, respetivamente.

Como conta o Venture Beat, o objetivo da Google com a Allo foi criar uma aplicação de mensagens inteligente onde os utilizadores consigam gerir de uma forma eficaz as suas conversas. Ao mesmo tempo, a tecnológica de Mountain View quer incitar a conversa entre amigos e providenciar meios para que se possam expressar como se sentirem confortáveis. A ideia é fazer da Allo uma plataforma e que possa crescer ainda mais.

Parte desse crescimento será sustentado pelo Assistant, o novo assistente virtual da Google ao qual será capaz de recorrer caso esteja à procura de um restaurante, locais para passear e outras sugestões. Além disso, também estará presente a funcionalidade Smart Reply, uma opção que começou no Gmail e que dará uma ajuda extra aos utilizadores que se queiram expressar da melhor maneira.

Como prometido pela Google, a encriptação está presente na aplicação pelo que quem goste de manter a sua privacidade poderá contar não só esta capacidade como também com o modo Incognito. Este modo funciona tal como acontece no navegador Chrome, sendo que se escolher ter uma conversa desta forma não terá à sua disposição nem o Assistant nem o Smart Reply.

Tudo está conforme a Google anunciou no seu evento I/O em junho à exceção da questão do armazenamento de conversas. Lembra o The Verge que inicialmente a tecnológica de Mountain View afirmou que não armazenaria as conversas tidas na Allo, sendo que agora será tudo armazenado nos seus servidores por defeito. A Google justificou a decisão com o desejo de melhorar o Assistant, que será tão melhor quanto a quantidade de dados a que tiver acesso.

Seja como for, poderá sempre apagar as mensagens se assim o desejar, sendo que a sua consulta será possível caso as autoridades apresentem um mandato de busca à Google.

naom_57e0fef9a3fbe.jpg

Apesar de tudo, a Apple publicou os avisos adequados para que ninguém fosse apanhado desprevenido.

Quando o iPhone 7 foi revelado a Apple anunciou que estariam disponíveis cinco versões com cores diferentes. Uma delas, o ‘jet black’ (ou preto brilhante) deu especialmente nas vistas mas, se está a planear adquirir iPhone 7 com esta cor pode querer dar uma vista de olhos nas imagens partilhadas através do Twitter.

O autor da publicação Vlad Savov, do The Verge, mostra a fragilidade do iPhone 7 em preto brilhante, sendo possível notar um grande número de riscos na face traseira do dispositivo. Savov, o responsável pela análise ao dispositivo para a publicação, conta que a utilização até agora foi apenas “convencional”, colocando de parte a hipótese de ter tentado testar a resistência do dispositivo.

jetblacki7.jpg

Apesar de ser surpreendente o facto de o iPhone 7 ter apenas dias de presença no mercado e já ser possível encontrar modelos com este nível de desgaste, a fragilidade da versão em preto brilhante já foi apontada pela Apple. Ao compra um destes dispositivos através da loja virtual da tecnológica, o consumidor tem acesso é avisado para a possibilidade os riscos surgirem mais rápido que em outros modelos.

naom_57bbfdecb23c7.jpg

Por enquanto o Nougat apenas está disponível em dispositivos Nexus, com algumas exceções.

A Google lançou finalmente a nova versão do seu sistema operativo, o Android 7.0 Nougat, que passa assim a estar disponível para os dispositivos da sua linha colaborativa de smartphones Nexus, sendo que nem todos estão incluídos.

A atualização chegará gradualmente aos utilizadores do sistema operativo tem em vista o Nexus 6P, o Nexus 5X, o Nexus 6, o Nexus 9, o Nexus Player, o Pixel C e ainda o General Mobile 4G, que diz respeito ao Android One. De foram ficam o Nexus 5 da LG e ainda o Nexus 7 de 2013.

Entre as muitas novidades deste sistema operativo encontram-se a capacidade de utilizar duas aplicações em simultâneo na mesma janela – ver um vídeo e estar no Facebook, por exemplo – assim como a capacidade de responder a mensagens diretamente a partir da barra de notificações.

Para ficar a par de todas novidades do Android Nougat ao mínimo detalhe, a Google lançou um site próprio onde é possível ficar a saber de tudo o que vai encontrar de novo.

naom_55f12db12e022.jpg

A alegada terceira versão do iPhone 7 foi adiada para o próximo ano e será como que uma versão de celebração dos 10 anos dos smartphones da Apple.

Faltam cerca de três semanas para a revelação do próximo smartphone da Apple, alegadamente o iPhone 7, mas os últimos rumores continuam a olhar para além disso, em direção do iPhone de 2017.

As últimas informações chegam por via da japonesa Nikkei, que corrobora rumores antigos de que o iPhone de 2017 integrará pela primeira (num smartphone da Apple) um ecrã OLED, componente que será fornecido pela Samsung. Mais do que ter um dispositivo com ecrã OLED, a Apple terá também um ecrã com laterais curvas, uma caraterística popularmente reconhecida da linha Galaxy Edge da tecnológica sul-coreana.

A par destas informações surgem também novos elementos relativos à rumorada terceira versão do iPhone 7, conhecida como ‘Pro’, e que alegadamente foi cancelada. Agora, é adiantada a possibilidade desta versão ter sido adiada para o próximo ano, sendo este o iPhone que a Apple está a preparar para celebrar o 10º aniversário dos seus dispositivos móveis.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 74.12 75.61
USD 70.06 71.46
ZAR 5.20 5.30
Fonte: BCI, 24 de Fevereiro de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small