naom_590b20b9bf462 (1).jpg

Ainda há quem use a mesma password para todas as suas contas online, o que cria um sério risco para a respetiva segurança digital.

Celebra-se hoje, dia 5 de maio, o Dia Mundial da Password. Este dia serve para assinalar a importância que estas senhas personalizáveis têm nas nossas vidas digitais e porque é tão importante não facilitar quando se trata de criar uma que seja tão segura quanto possível. E esta é uma necessidade para a qual a Kaspersky Lab está bem alerta.

“Sabemos que é difícil memorizar todas as senhas de acessos e, por isso, muitas vezes os utilizadores utilizam os sistemas de memorização automática dos navegadores ou a mesma password, só que adaptada para cada site. Um grande erro!”, alerta o Diretor Geral da Kaspersky Lab Iberia, Alfonso Ramírez, via comunicado.

É por isso que, no âmbito deste Dia Mundial da Password, a Kaspersky Lab deixa algumas dicas para criar uma password forte e mantê-la segura. Pode ficar a conhecê-las na galeria acima.

 

naom_576a6b21b3bad.jpg

A saída do fundador Jan Koum pode ser um ponto de viragem para a app de mensagens.

O co-fundador do WhatsApp, Jan Koum, anunciou esta semana a sua saída não só da empresa responsável pela app de mensagens como também do conselho de administração do Facebook e, nota o New York Times, o momento significa que poderá ter bons motivos para deitar de usar o WhatsApp.

De acordo relatos de fontes anónimas do Facebook, Koum estava cada vez mais preocupado com a forma como o tecnologia recolhia dados dos utilizadores, procurando afastar a prática tanto quanto possível do WhatsApp. É ainda adiantado que os membros do conselho de administração do Facebook não se preocupavam com questões de segurança e privacidade, com colaboradores do WhatsApp a recear que a empresa venha a recolher ainda mais dados a partir da app de mensagens.

De momento o WhatsApp já partilha alguns dos seus dados com o Facebook mas, com a saída de Koum, é provável que o Facebook tenha caminho aberto para reunir ainda mais informações sobre os seus utilizadores.

naom_59f25a0d4571b.jpg

Uma vez identificado o problema, a empresa emitiu um alerta onde apelou para que os seus 330 milhões de utilizadores alterassem as suas palavras-passe.

O Twitter revelou ter descoberto um problema na forma como gravava as palavras-passe dos utilizadores, as quais não eram protegidas sem a devida encriptação. Uma vez identificado o problema, a empresa apelou aos seus 330 milhões de utilizadores que alterassem as respetivas palavras-passe.

A oportunidade deve ser aproveitada para todos não só para alterar a palavra-passe como ainda para tomar medidas adicionais para se protegerem, nomeadamente através de autenticação por dois passos.

Uma vez alterada a palavra-passe – através da área ‘Definições e privacidade’ – o utilizador deverá dirigir-se à ‘Verificação de login’ disponível na área respeitante à ‘Conta’ para ativar a autenticação em dois passos.

Com este método poderá receber um código no smartphone sempre que um novo dispositivo se tentar ligar à sua conta de Twitter, efetivamente impedindo que alguém tenha acesso indevido.

naom_57b6c916ccf6a.jpg

Erro na encriptação das 'passwords' na origem do apelo dos responsáveis da rede social.

Os responsáveis pela rede social Twitter emitiram um comunicado em que pedem a todos os seus 330 milhões de utilizadores que mudem a palavra-passe.

Em causa, está um erro descoberto pela empresa que fez com que as palavras-passe dos utilizadores ficassem gravadas sem a devida encriptação.

O Twitter garante que o problema já foi identificado e resolvido. Apesar disso, faz questão de alertar para a importância de mudar a palavra-passe para evitar complicações e para garantir a segurança dos utilizadores.

Na própria rede social, o diretor-técnico do Twitter, Parag Agrawal, pediu desculpa pela situação e explica que decidiram lançar o alerta porque consideraram "o mais certo a fazer".

"Estamos a partilhar esta informação para ajudar as pessoas a tomarem uma decisão informada relativamente à sua segurança. Não o tínhamos de fazer, mas acreditámos que era o mais certo", escreveu Agrawal.

naom_5a30dc22e5202.jpg

A rede social confirmou que a opção se encontra a ser testada com um conjunto limitado de utilizadores.

 O Instagram continua a avançar nos seus planos de se tornar uma app de compras, introduzindo a capacidade de realizar reservas dando aos utilizadores a opção de pagar através da aplicação.

A rede social confirmou ao TechCrunch que se encontra a testar a opção com um conjunto limitado de utilizadores e parceiros, nomeadamente restaurantes e salões de beleza. É ainda adiantado que em breve os utilizadores do Instagram serão até capazes de comprar bilhetes de cinema.

Dada a popularidade do Instagram entre público adepto de conteúdo de fitness e lifestyle, a aposta em pagamentos móveis não deixa de ser prometedora para a rede social. Mais ainda, tendo em conta o tempo que muitos utilizadores passam no Instagram é provável que esta facilidade de pagamentos torne a app 'perigosa' para a carteira.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 69.48 70.86
USD 59.37 60.56
ZAR 4.76 4.85
Fonte: BCI, 24 de Maio de 2018

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small