Dias
Horas
Minutos
Segundos

CAvisita-elam5.jpg

Cirurgiões africanos cardiovasculares e torácicos discutem pela primeira vez, em Maputo, o desempenho científico para definir melhores formas para prestação de cuidados de saúde aos cidadãos.
O 4° Congresso Africano de Cirurgia cardiovascular e torácica acontece, em Maputo, depois do primeiro em Accra, no Ghana, do segundo em Luanda, em Angola e do terceiro em Nairobi, Quénia.
É quase consensual que os países africanos ressentem-se da falta de centros especializados para as intervenções nas áreas cardíaca, torácica e vascular. Os congressistas dizem ainda que a criação da organização é onerosa mas benéfica.
É nesse contexto que Moçambique vai trilhando o caminho apresentando-se através de entidades como o Instituto do Coração de Maputo (ICOR) e o serviço de Cirurgia Cardiovascular e Torácico do Hospital Central de Maputo prestando assistência `a população.

HARD_QUEIMADOS_AMPE-ROGERIO.jpg

Pelo menos 2 crianças com idades entre 1 e 5 anos, vítimas de queimaduras provocadas por acidentes domésticos, dão entrada diariamente no Hospital Provincial da Matola.
Os médicos daquela unidade sanitária lançam um apelo as famílias para que tomem medidas de precaução…

TRANCOMAAANAPP1.jpg

Perto de 630 mil pessoas, de todas idades, serão abrangidas pela campanha de tratamento massivo contra o Tracoma, uma doença inflamatória e que afecta os olhos, em Cabo Delgado.

incdsdd.jpg

Pelo menos 107 pessoas morrem por dia devido ao vírus de HIV/SIDA em Moçambique.
O país continua na lista dos 10 países do mundo mais infectados pela epidemia do SIDA.
Em Moçambique cerca 1 milhão e meio de pessoas vivem com o vírus de HIV e SIDA.
Por dia, há registo de mais de 200 novas infecções.
Dos 15 aos 49 anos de idade a taxa de infecção é de 11,5%.
A Província de Gaza é a mais infectada com 25% dos casos. Em contrapartida, a Província do Niassa é a menos infectada com 3,7%.
Segundo o Governo, na globalidade as mulheres são as mais infectadas com 13,6 de prevalência contra 9,2% de sexo masculino.
Ainda nesta 29a sessão, o Governo apreciou a situação de Emergência no que concerne a assistência humanitária às vítimas da seca que assola as zonas Sul e Centro de Moçambique.
De Março a Agosto de 2016, foram assistidas cerca de 1 milhão e 11 mil pessoas no Sul e Centro do país.
O Conselho de Ministro aprovou a resolução que ratifica o Acordo de Crédito de 6 milhões de dólares norte americanos celebrado entre o Governo de Moçambique e a Associação para o Desenvolvimento, IDA. O montante destina ao financiamento do Projecto de Centros de Excelência no Ensino Superior da África Oriental e Austral.

errplrsm.jpg

Erradicação do Sarampo e da Rubéola em Moçambique são os novos desafios do Ministério da Saúde.
Depois do sector de saúde declarar esta semana, eliminada a Poliomielite no país, o Sarampo e a Rubéola são as doença que mais afectam as crianças.

A Ministra da Saúde, Nazira Abdula, afirmou na ocasião que, a prioridade do sector de agora em diante é combater 2 grandes males que dizimam vidas de milhares de crianças, trata-se do Sarampo e da Rubéola.
O Ministério da Saúde declarou oficialmente esta semana que Moçambique está livre da Pólio.
O país adoptou na década de 90 a Iniciativa Global de Erradicação da Pólio, cujo objectivo é confirmar a não circulação do poliovírus selvagem dentro do território moçambicano e no mundo.
Através desta campanha o país tornou-se finalmente livre da Pólio em Julho passado.
A poliomielite, ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa que infecta principalmente crianças com idade inferior a 5 anos. A doença causa paralisia dos membros, principalmente os inferiores.
Na maioria dos casos, os doentes não apresentam sintomas, mas quando aparecem são graves e incluem a atrofia dos membros, a paralisia dos músculos respiratórios.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 73.56 75.03
USD 68.26 69.63
ZAR 4.83 4.94
Fonte: BCI, 28 de Março de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small