gdzghgbsszvvavaazvvrhmgl.jpg

Até 2025 o Ministério da Saúde poderá dispor de 64 mil profissionais, elevando os actuais 50 mil existentes para cobrir as necessidades sanitárias em Moçambique.
Ao abrigo do Plano de Desenvolvimento dos Recursos Humanos, o sector de Saúde, projecta dispor no mesmo período de 870 médicos especialistas nacionais.

1B47D340-8176-4543-BF18-C7AAC4494245_w987_r1_s.png

Em Moçambique 100 mulheres que sofrem de Cancro da Mama 54 perdem a vida pela doença.
Este índice é resultado da descoberta tardia da doença e a dificuldade do acesso a novas terapias de tratamento.
Dados aflorados por ocasião do lançamento na cidade de Maputo do Chá Beneficente, alusivo ao Outubro Rosa, iniciativa presidida pela Esposa do Presidente da República Isaura Ferrão Nyusi.
Estima-se que mais de 85% de casos de cancro da mama no mundo e 88% das mortes, ocorrem em países em desenvolvimento. A doença dizima cerca de 53.000 pessoas somente em África.
Trata-se países com prevenção, diagnóstico e tratamento ainda precários, por razoes diversas como culturais, socioeconómicos e religiosas.
Por outro lado o cancro do colo do útero o 3º mais comum entre mulheres dos 30 a 35 anos de idade é responsável por mais de 275 mil mortes por ano.

ABLAIS.jpg

Cidade de Quelimane, província da Zambézia conta a partir desta 5ª feira, com um Hospital Central.

Com capacidade de 600 camas a unidade de referência regional para além de responder a procura de serviços de saúde da Zambézia, vai igualmente atender a demanda das províncias vizinhas, nomeadamente, Nampula e Niassa a norte, Manica e Tete no centro do país.

O acto inaugural foi procedido pelo Presidente da República, Filipe Nyusi. 

nrmatnp.jpg

No distrito de Nacala-Porto, em Nampula, arrancou a campanha de remoção de Matequenha, uma doença que está a atingir níveis assustadores naquele ponto da província de Nampula.

Apenas no bairro de Namessica espera-se abranger mais de 100 pessoas, na sua maioria, crianças menores de 6 anos e outras em idade escolar.

No distrito de Nacala-Porto, em Nampula, arrancou a campanha de remoção de Matequenha, uma doença que está atingir níveis assustadores naquele ponto da província de Nampula.

            Apenas no bairro de Namessica espera-se abranger mais de 100 pessoas, na sua maioria, crianças menores de 6 anos e outras em idade escolar.

sexta, 21 outubro 2016 14:57

Ninita padece de doença “estranha”

doenca_rara_em_mocambique.jpg

Ninita da Silva paciente com problemas de dilatação anormal do abdómen, foi esta 5ª feira recebida pelo Hospital Central de Nampula.
Do primeiro Contacto médico, a paciente padece de um tumor gigante de fórum ginecológico e de uma ascite.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 75.24 76.75
USD 70.88 72.30
ZAR 5.05 5.15
Fonte: BCI, 13 de Janeiro de 2016

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small