Tuberculose ainda está a matar em Moçambique

segunda, 04 dezembro 2017 16:11

ruurt56rftuitri.jpg

Ministra da Saúde disse estasegunda – feira, que o sector ainda não está a fazer o suficiente para inverter o cenário actual da Tuberculose no país que regista anualmente cerca de cento e cinquenta e nove mil novos casos com vinte e duas mil mortes.


Nazira Abdula falava na abertura da Reunião Nacional do Programa de controlo da Tuberculose que decorre em Maputo.
A Reunião Nacional do Programa de Controlo da Tuberculose acontece numa altura em que, a nível global, acentuam-se debates sobre a necessidade de se ajustar a resposta a doença tendo em conta determinantes sociais e económicos de saúde como fórmula para o alcance das metas estabelecidas nos ODS.
A Organização Mundial da Saúde indica que Moçambique consta da lista dos países que têm alta carga de tuberculose, alta carga de co-infecção tuberculose HIV/SIDA e alta carga de tuberculose resistente à medicamentos. Estima-se que ocorram no país 159 mil novos casos de tuberculose por ano com cerca de 22 mil mortes.
Apesar dos desafios na área da tuberculose, Nazira Abdula destaca avanços se comparado com os anteriores cinco ou 10 anos. A Ministra da saúde fala da estabilização quanto à reincidência e a mortalidade. Há mais investimentos para a pesquisa e novas fórmulas terapêuticas.

O evento de um dia, analisa a situação actual da Tuberculose e análise do grau de resposta, desafios e perspectivas para acelerar a resposta. Ainda neste encontro será feita a planificação das actividades a serem financiadas por fundos do banco Mundial e do Fundo Global para o ano de 2018.

Ler 262 vezes

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 69.81 71.20
USD 59.25 60.43
ZAR 4.34 4.43
Fonte: BCI, 11 de Dezembro de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small