Dias
Horas
Minutos
Segundos

19153209_304.jpg

A Fundação Nelson Mandela pediu a demissão do presidente da África do Sul.

Para a instituição, Jacob Zuma “falhou no teste de liderança” e tem de ser responsabilizado por aqueles que têm “saqueado o país”.

Zuma tem sido contestado, no últimos tempos, e há mais de uma década que enfrenta acusações de alegada corrupção.

Da direção da fundação fazem parte académicos, políticos e jornalistas.

unichrrm.jpg

Estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância, UNICEF, divulgado hoje, alerta: Cerca de 300 milhões de crianças respiram ar altamente poluído.

O facto poderá criar danos físicos nas crianças, incluindo no cérebro em desenvolvimento.

1 em cada 7 crianças em todo o mundo respira um ar que é pelo menos 6 vezes mais poluído do que o recomendado internacionalmente.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância considera mesmo a poluição atmosférica como um dos principais factores da mortalidade infantil.

O novo estudo apresentado uma semana antes do início da conferência da ONU sobre o clima, a COP22, em Marraquexe, Marrocos, a ter lugar de 07 a 18 de Novembro, pretende aproveitar o evento para renovar o apelo aos líderes mundiais para que ajam imediatamente, para reduzir a poluição atmosférica.

O Director-geral do UNICF Anthony Lake adverte que a poluição do ar contribui, de forma significativa, para a mortalidade de cerca de 600 mil crianças com idade inferior a 5 anos anualmente e ameaça a vida e o futuro de milhões de outras.

De acordo com o relatório, o sul da Ásia agrupa o maior número de crianças que respiram ar muito poluído, cerca de 620 milhões, seguido do continente africano com cerca de 520 milhões e por último o leste da Ásia e Pacífico, com aproximadamente 450 milhões.

DDDVDSDDVZDV.jpg

Michelle Obama fez esta quinta-feira, na Carolina do Norte, a primeira aparição lado-a-lado com Hillary Clinton, para defender a candidatura da ex-secretária de Estado e antiga Primeira Dama para a presidência dos Estados Unidos, um apoio de peso na reta final da corrida à Casa Branca. Michelle Obama: “Ela tem mais experiência e exposição à presidência do que qualquer outro candidato da nossa era. Mais do que Barack e mais do que Bill. Por isso, está absolutamente preparada para assumir os comandos desde o primeiro dia e, sim, trata-se de uma mulher.” Michelle Obama apelou aos eleitores para irem às urnas a 8 de novembro para impedirem Trump de aceder à presidência, lembrando que “é a taxa de participação que fará a diferença”. O candidato republicano investiu, por seu lado, no Ohio, outro Estado-chave nestas eleições, apostando nos tradicionais “cavalos de batalha”: “Uma administração Trump irá suspender a imigração de regiões propícias ao terrorismo e irá suspender o programa de refugiados sírios. Isso é fácil. Não vamos assumir o risco, no que diz respeito à segurança do povo norte-americano.” Trump declarou-se, na véspera, preparado para investir milhões de dólares do próprio bolso para travar a rival democrata na reta final da campanha.

hillaryetrump.jpg

Não considerar nada como garantido, essa é a mensagem da candidata presidencial democrata Hillary Clinton. A sua campanha tem sido incentivada pelos resultados nas sondagens, mas, na Florida, Hillary continuava a pedir às pessoas para votarem.
Enquanto isso, o rival republicano, Donald Trump, que também estava no estado, lamentava a falta de unidade do seu partido. Trump alegou que poderia vencer facilmente se tivesse o apoio dos líderes.
O correspondente em Washington, Stefan Grobe, fez o ponto de situação da corrida presidencial:
“a presença de ambos candidatos na Florida demonstra a importância da batalha neste Estado, onde a votação antecipada está apenas no início. E os augúrios não são nada bons para Donald Trump. Os republicanos estão à frente dos democratas por menos de 2%, quando, em comparação, há quatro anos tinham uma vantagem de 5,3%. Isto deve-se, em grande parte, a um aumento de 99% de votantes Latinos, em comparação com 2012.
Aproximadamente 130.000 Latinos já votaram na Florida. A campanha de Clinton acredita que a maioria desses votos foi para ela, dado que a esmagadora maioria dos Latinos repudia Trump pela sua retórica e política durante a campanha.

No Arizona, um estado tradicionalmente republicano, também com uma população Latina considerável, os números também não parecem bons para Trump. No entanto, a campanha de Clinton não quer ouvir falar de um deslize; teme que as pessoas considerem que a vitória de Clinton está garantida antes do tempo.

imagens-do-dia-refugiados-italia-20161024-001.jpg

A Itália chegam milhares de migrantes e refugiados todos os dias. Só este ano o país já recebeu mais de 155 mil pessoas, mais do que em todo o ano passado, e o país disse que não pode voltar a receber tanta gente no próximo ano.

O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, pediu a solidariedade dos outros países da União Europeia e admitiu, numa entrevista à RAI, os fundos de Bruxelas para países que se recusem a ajudar a Itália e a Grécia, que acolheram centenas de milhares de migrantes nos últimos anos.

“ Este mecanismo de darmos 20 mil milhões de euros à Europa e nos restituírem 12 acabou”, realçou Renzi. Questionado pelo jornalista se admitia usar o veto, respondeu: “ Sim, absolutamente. Os direitos e as obrigações são para todo o mundo. É muito fácil pegar no nosso dinheiro e construir muros. O dinheiro não passa através dos muros. Se construírem muros, travam os migrantes, mas não receberão mais dinheiro da Itália”.

Bruxelas pediu ao Governo italiano para explicar a revisão em alta do défice nominal previsto para o próximo ano. Uma das razões apontadas por Roma é o fluxo de migrantes.

Esta quarta-feira, a União Europeia começa a formar a Guarda Costeira da Líbia, no âmbito da operação Sophia, contra o tráfico de migrantes.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 72.54 73.99
USD 68.10 69.47
ZAR 4.75 4.85
Fonte: BCI, 30 de Março de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small