labfamm.jpg

Grupo empresarial cubano quer instalar em Moçambique uma unidade de produção de biolarvicidas para o combate à malária.

A BIOFAM é detentora de patentes na área de medicamentos veterinários, medicamentos para a saúde humana, higiene ambiental e agricultura reconhecidos pelas diversas entidades internacionais competentes.

O Presidente da República, Filipe Nyusi, esteve em Havana no grupo estatal BIOFAM e na Universidade de Ciências Informáticas à busca de soluções para as áreas onde o país ainda carece de soluções eficazes.

21097607.jpeg

O útimo balanço contabiliza 62 vítimas mortais resultantes daquela que é a maior tragédia ocorrida no país nas últimas décadas.

Tal como o previsto, foram decretados três dias de luto nacional na sequência da tragédia de Pedrógão Grande.
Segundo o último balanço feito às 13h10, há já a lamentar 62 vítimas mortais.


[Notícia em atualização]

22544122.jpeg

O especialista em incêndios florestais Xavier Viegas revelou hoje que terá sido a "rápida propagação" do incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande que conduziu às várias mortes, fazendo deste um dos mais graves incêndios do mundo dos últimos anos.

prcubbhs.jpg

A República de Cuba quer ajudar Moçambique a implantar uma indústria farmacêutica e alargar a disponibilidade de fármacos para doenças derivadas de cancro e diabetes.

O interesse foi manifestado ao Presidente da República, Filipe Nyusi, durante uma visita que efectuou esta sexta-feira ao Centro de Engenharia Genética e de Biotecnologia de Cuba, na capital Havana.

Com uma rede de trinta unidades de pesquisa, o centro produz e exporta medicamentos para cerca de cinquenta países. Mais de metade dos seus fármacos são únicos no mundo e tem a certificação internacional.

O centro pesquisou o perfil epidemiológico de Moçambique e concluiu que tem condições para fornecer medicamentos para a cura de várias doenças como o pé diabético e outras doenças cancerígenas.

Depois da cooperação na área de formação e alocação de médicos e técnicos de saúde, as autoridades de saúde de Moçambique querem alargar a relação para área da indústria farmacêutica.

prccausa.jpg

O Presidente da República convidou o empresariado norte-americano a tomar dianteira no investimento estrangeiro em Moçambique.

Filipe Nyusi que interagia ontem no Capitólio com o sector privado e congressistas norte-americanos no âmbito do fórum do Conselho Corporativo para África, CCA, disse que o Governo moçambicano tudo fará para criar uma previsibilidade e robustez do ambiente de negócios para que mais empresas americanas possam maximizar o potencial que existe em Moçambique.

O convite ao Presidente da República surge após audições no congresso norte-americano que culminaram com a recomendação de criação de uma parceria estratégica entre Estados Unidos da América e Moçambique.

Uma parceria que para Filipe Nyusi atesta dos progressos alcançados pelo país em vários domínios e que tornaram Moçambique uma referência nas economias mundiais que registaram um rápido crescimento nos últimos quinze anos.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 71.34 72.77
USD 60.70 61.91
ZAR 4.60 4.69
Fonte: BCI, 21 de Agosto de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small