naom_57f3625babb80.jpg

RTP adianta que fontes na ONU apontam António Guterres como favorito para a 6.ª votação para o cargo. No entanto, haverá uma votação formal agendada para amanhã, quinta-feira, às 15h.

Tudo aponta para que António Guterres seja eleito como o novo secretário-geral da ONU. O português ficou à frente e não recolheu nenhum veto na sexta votação do Conselho de Segurança das Nações Unidas, em Nova Iorque, para eleger o próximo secretário-geral da organização.

Refira-se, contudo, que amanhã, quinta-feira (06), deverá ainda ser realizada a votação formal - algo como um procedimento proforma - para oficializar o novo cargo do antigo governante português.

O Conselho de Segurança, com a presença de todos os embaixadores, anunciou que o português era o "vencedor claro" e que avançava já na quinta-feira para a aprovação de uma resolução que propõe o nome de Guterres para aprovação pela Assembleia Geral.

Após cinco votações preparatórias, em que os votos dos 15 membros do Conselho de Segurança não eram discriminados - e que apontavam para Guterres como sucessor do sul-coreano Ban Ki-moon -, desta vez, os votos dos cinco membros permanentes (Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido) serão conhecidos, ficando exposto qualquer veto.

Citado pela RTP, Guterres diz-se "honrado e feliz pela eleição para o cargo" de secretário-geral da ONU.

naom_56a0aff6ecc0e.jpg

Há ainda dois desaparecidos entre os habitantes da área residencial afetada.

Pelo menos seis pessoas morreram, várias ficaram feridas e duas estão desaparecidas depois de um ataque com uma granada no Quénia.

Segundo o Daily Star, relatos iniciais atribuem a responsabilidade pelo ataque ao al-Shabaab, filiado da al-Qaeda.

A granada atingiu durante a noite uma zona residencial na cidade de Mandera, perto da fronteira com a Somália.

O Al Shabab matou cerca de 500 pessoas no Quénia desde 2013 em represália pelo envio de tropas para a Somália para combater grupos terroristas.

minccities.jpg

Moçambique sai da lista dos países sob vigilância internacional de alto nível para

transição rumo à normalização em relação à conservação da fauna, flora e combate à caca furtiva. O facto foi revelado em Joanesburgo pelo Ministro Celso Correia que participou no encerramento da conferencia internacional das partes da

fauna, flora e comércio de espécies em perigo de extinção, CITES.

O Secretário-geral da CITES e o PCA da Fundação de Rinocerontes felicitaram

Moçambique pelos esforços no combate à caça furtiva e protecção da fauna e flora. 

domingo, 02 outubro 2016 07:14

Mogadíscio: Al shabaab reclama atentado

Screen_Shot_2016-10-02_at_7.17.36_AM.png

O grupo islâmico al Shabaab assumiu a responsabilidade de ataque com um carro-bomba em Mogadíscio, que matou pelo menos três pessoas, este no sábado.

A polícia disse que o veículo foi lançado contra o restaurante Blue Sky, na capital, que está localizado perto de um centro de detenção, conhecido como Jilaow, onde os militantes são muitas vezes mantidos em celas subterrâneas.

O governo local da cidade confirmou o número de vítimas.

Al Shabaab lança ataques frequentes em Mogadíscio na tentativa de derrubar o governo apoiado pelo Ocidente.

Screen_Shot_2016-10-02_at_7.12.44_AM.png

Balas de borracha da polícia sul africana sobre os estudantes um protesto contra a reforma da Universidade de Rhodes e contra o aumento das propinas.
A tensão era elevada. A polícia prendeu 11 estudantes no evento e vários manifestantes foram levados ao hospital com ferimentos. Os alunos acusaram posteriormente a polícia de brutalidade com vídeos postados online.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 71.08 72.51
USD 60.20 61.40
ZAR 4.42 4.51
Fonte: BCI, 21 de Outubro de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small