transcolaum.jpg

O país vai importar, até ao final do presente ano, cerca de trezentos e oitenta autocarros para fazer face à crise dos transportes que se vive principalmente na Capital do país.
O porta-voz do Governo da Cidade de Maputo, Levi Marrengula, disse, em conferência de Imprensa, que grande parte das viaturas será alocada a cidade de Maputo.

cnead.jpg

Seiscentos e cinquenta milhões de meticais é o orçamento aprovado pelo parlamento moçambicano e alocado à Comissão Nacional de Eleições para financiar as actividades de preparação das V Eleições Autárquicas, em 2018.
O valor vai ser servir para instalação de órgãos de apoios, mapeamento e geo-referência dos postos de recenseamento, formação sobre legislação, operações e segurança eleitorais e compra de meios circulantes.

orestad.jpg

Presidente da Comissão Parlamentar do Plano e Orçamento revela que a Conta Geral do Estado de 2015 teve uma execução orçamental e financeira na ordem de 94%.
Eneas Comiche diz que este resultado foi alcançado apesar de várias contrariedades, nomeadamente, cheias que assolaram quase todo o país, depreciação do Metical e queda dos preços de matérias-primas no mercado internacional.
Comiche falava esta quarta-feira, no Parlamento a propósito dos debates para a aprovação da conta geral do estado 2015.

56u4w5uw4iwutrwa3y.jpg

A Televisão de Moçambique, em parceria com o Programa Audiovisual da CPLP, apresenta, em estreia mundial, quatro filmes e nove documentários produzidos nos nove países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
Moçambique participa com duas produções: o filme “O Dia em que Explodiu Mabata Bata” e o documentário “Djambo”.
Filme do realizador Sol de Carvalho, “O Dia em que Explodiu Mabata Bata” baseia-se na obra literária homónima do escritor Mia Couto e explora o realismo fantásico, a identidade cultural e a crítica social.
O documentário “Djambo” é uma co-realização de Chico Carneiro e Catarina Simão, uma biografia que conta a história de Carlos Jambo, fotógrafo que retratou a vida de um país em construção desde a luta armada de libertação nacional.
A estreia mundial acontece no dia 17 de Abril, num programa com transmissão em directo na TVM. As produções serão transmitidas a partir de 30 de Abril na Televisão de Moçambique numa programação que vai durar 13 semanas.
Viaje pelas diferentes culturas dos países da CPLP, assistindo aos filmes e documentários do programa audiovisual FICTV e DOCTV aqui na TVM.

Sites_oficiais_-_Banner_retangularaaaa.jpg

A Televisão de Moçambique, em parceria com o Programa Audiovisual da CPLP, apresenta, em estreia mundial, quatro filmes e nove documentários produzidos nos nove países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
Moçambique participa com duas produções: o filme “O Dia em que Explodiu Mabata Bata” e o documentário “Djambo”.
Filme do realizador Sol de Carvalho, “O Dia em que Explodiu Mabata Bata” baseia-se na obra literária homónima do escritor Mia Couto e explora o realismo fantásico, a identidade cultural e a crítica social.
O documentário “Djambo” é uma co-realização de Chico Carneiro e Catarina Simão, uma biografia que conta a história de Carlos Jambo, fotógrafo que retratou a vida de um país em construção desde a luta armada de libertação nacional.
A estreia mundial acontece no dia 17 de Abril, num programa com transmissão em directo na TVM. As produções serão transmitidas a partir de 30 de Abril na Televisão de Moçambique numa programação que vai durar 13 semanas.
Viaje pelas diferentes culturas dos países da CPLP, assistindo aos filmes e documentários do programa audiovisual FICTV e DOCTV aqui na TVM.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 69.30 70.68
USD 64.65 65.95
ZAR 4.92 5.02
Fonte: BCI, 21 de Abril de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small