Suposto agente da PIC morto por desconhecidos em plena discoteca

sexta, 06 janeiro 2017 17:45

06b71140-7f37-407b-b3f7-ee245d538d69.jpg

Suposto agente da Polícia de Investigação Criminal baleado a queima-roupa, por indivíduos até ao momento desconhecidos, na avenida 24 de Julho, na cidade de Maputo.

Uma das vinte balas que mataram o agente atingiu ocasionalmente um taxista e um jovem dançarino e cantor do agrupamento FOMOZ.

O jovem cantor está fora de perigo e encontra-se sob cuidados médicos, no Hospital Central do Maputo.

Ninguém sabe ao certo o que de facto estaria por detrás da raiva do grupo de jovens, um dos quais empunhando uma arma de fogo do tipo AK-47 que descarregou vinte balas no corpo de um suposto agente da Policia de Investigação Criminal.

A cena aconteceu, na madrugada desta sexta-feira, nas proximidades da discoteca Matchedje, na avenida 24 de Julho, cidade de Maputo.

Segundo narra uma testemunha que pediu anonimato, o jovem que empunhava a AK-47 desceu de uma viatura de marca Toyota modelo Avensis com vidros fumados que circulava no sentido Matola - Cidade de Maputo.

O alvo era o suposto agente da PIC que desfrutava da noite na companhia de uma jovem não identificada.

A testemunha conta que o atirador aproximou-se do suposto agente da PIC mandou afastar a jovem e descarregou a queima-roupa, as munições da metralhadora.

balakfm.jpg

Internado no Hospital Central de Maputo Nickson Machava diz que não sabe o que aconteceu mas estava no local certo a hora errada preparando-se para entrar para a discoteca Matchedje para mais uma actuação musical, que é o seu sustento familiar.

Dependendo do resultado clínico, uma vez que foi atingido no pé, Nickson Machava pode ou não continuar a ser dançarino. 

Ler 1407 vezes

Mídia

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 66.85 68.19
USD 59.85 61.05
ZAR 4.58 4.68
Fonte: BCI, 20 de Junho de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small