Dias
Horas
Minutos
Segundos

xfndtjhrykdjfdjd.jpg

Instituto Para a Promoção das Pequenas e Médias Empresas, IPEME, assistiu 30 micro e pequenas empresas da Zona Sul a desenvolver a sua cadeia de valor e ligação com os mercados de consumo dentro e fora do país.

Segundo o Director-geral Adjunto do IPEME, com os resultados positivos alcançados na zona sul, a iniciativa está a ser expandida para outras províncias de Moçambique.

Estes dados foram colhidos, hoje, em Maputo, no decurso do Conselho de Direcção Alargado do IPEME.

De entre várias acções a que se propunha a realizar, no presente ano, o IPEME assistiu 4 mil micro, pequenas e médias empresas em técnicas de produção, contra uma meta fixada em 3.500.

Além disso, 85 pequenas e médias firmas acederam ao financiamento com o apoio do IPEME. São 20 empresas acima do índice de 65 previsto para o presente ano.

ouvgbpr.jpg

O antigo Presidente da República, Armando Guebuza foi hoje ouvido pela comissão Parlamentar de inquérito que investiga a Dívida Pública no âmbito dos empréstimos da Ematum, Pro-Indicus e MAM.

Armando Guebuza que foi ouvido em declarações numa sessão restrita e vedada a imprensa, fazia-se acompanhar por uma equipa de assessores entre os quais o antigo Ministro dos Transportes e Comunicações Gabriel Muthisse, O antigo assessor Carlos Pesszfne, pela sua antiga secretária e outros quadros.

O antigo presidente entrou pela porta principal do parlamento, onde jornalistas instalaram-se para colher algumas declarações após a audição, mas Guebuza saiu pelas traseiras do edifício da casa do povo sem pronunciamentos públicos. 

revrs9ahc.jpg

Escassez de chuva está a afectar negativamente a produção de energia eléctrica na HCB.

Como medidas imediatas, O Conselho de Administração daquela empresa, acaba de fazer a revisão do plano de actividades e orçamento.

está em processo a elaboração de um novo plano Estratégico de Negócios.

Este_ano_as_trocas_comerciais_entre_Moçambique_e_China_estão_acima_de_25_comparado_com_2015.jpg

As trocas comerciais entre a China e Moçambique atingiram 1.3 milhão de dólares este ano, 25% acima do valor alcançado no ano passado.
Os dados foram revelados esta 4ª feira em Maputo pelo representante comercial da China em Moçambique.
Lipei Wang falava durante um banquete de celebração da amizade e cooperação entre Moçambique e China.

WEGAHSRAREGASGZ.jpg

Organização das Nações Unidas precisa de cerca de 450 mil milhões de dólares norte-americanos para conectar o mundo através das plataformas de comunicação.
Entretanto o Secretário-Geral da União Internacional das Comunicações diz que Moçambique está num bom caminho, faltando apenas adoptar estratégias que abranjam as comunidades mais recônditas do país.
Falando, hoje, em Maputo durante a palestra proferida no Instituto Nacional das Telecomunicações de Moçambique, sob lema "Os Grandes Desafios das Telecomunicações Para Países em Desenvolvimento " Houli Zhao disse que, as plataformas de comunicações devem ser vistas como um elo de ligação bastante forte para o mundo.
O secretário-geral da União Internacional das Comunicações considera que as pequenas e médias empresas devem apostar nas plataformas sofisticadas de comunicação para alargarem os seus rendimentos.
O chefe da UIT deu exemplo de alguns países que investiram a sério em comunicação e como consequência são actualmente desenvolvidos. Zhao diz que o turismo e agricultura principais apostas do governo de Moçambique quando bem geridos com boas plataformas de comunicação podem tirar o país da pobreza.
A grande preocupação da UIT é conectar em cerca de 4 anos mais de 1,5 biliões de pessoas no mundo através das mudanças tecnológicas de comunicação.
Para o efeito as Nações Unidas estão a mobilizar pouco mais de 450 mil milhões de dólares norte-americanos.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 72.54 73.99
USD 68.10 69.47
ZAR 4.75 4.85
Fonte: BCI, 30 de Março de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small