%PM, %20 %754 %2018 %19:%Mar.

Cineastas moçambicanos concorrem em documentários e ficção com vista a resgatar posição cimeira na CPLP

Escrito por Redacção
Classifique este item
(0 votos)

gminac.jpg

Moçambique procura resgatar a qualidade do cinema nacional e revalidar a posição reconquistada nas anteriores duas edições de DOCTV e FICTV a nível dos nove países da CPLP.

Cineastas moçambicanos da nova e antiga geração concorrem a um financiamento de cinquenta mil euros, disponibilizados pela Comunidade dos Países da Língua Portuguesa, para a produção de documentários que reflectem os aspectos sociais e realidade dos países membros.

Cineastas moçambicanos juntam-se em oficina de preparação do DCTV CPLP terceira edição, visando preparar o programa que tem em vista o fomento, produção e difusão de conteúdos audiovisuais da comunidade de países de língua Portuguesa.

Moçambique já foi vencedor da primeira e segunda edições da DOCTV e FICTV, porém, procura produzir conteúdos que reflectem a qualidade capaz de concorrer a nível internacional.

O cinema moçambicano é, segundo profissionais da sétima arte, uma referência a nível internacional, contudo, há que trabalhar mais para produzir conteúdos com qualidade que dê eco positivo além fronteiras.

Mais de cem cineastas dos nove países já estão inscritos e deverão apresentar projectos de produção de documentários, cuja produção e realização deverá ser financiada com uma verba de cinquenta mil euros alocada pela CPLP.

Dos projectos concorrentes, apenas nove é que deverão ser aprovados e melhorados para posterior produção dos respectivos documentários.

Ler 646 vezes

Mídia

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 69.51 70.91
USD 59.37 60.56
ZAR 4.77 4.86
Fonte: BCI, 27 de Maio de 2018

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small