Arte e Cultura

Arte e Cultura (27)

quarta, 22 fevereiro 2017 16:15

Carnaval de Sussundenga contou com 17 grupos culturais

Escrito por

19244365_H4sYR.jpeg

Município de Sussundenga em Manica, acolheu pela segunda vez o festival do carnaval edição 2017.
O evento contou com a participação de 17 grupos.

ccbm.jpg

Encontram-se abertas até 30 de Março, no Centro Cultural Brasil-Moçambique (CCBM), inscrições para a selecção de projectos culturais em Moçambique, com vista a ampliar a promoção e divulgação das culturas dos dois países. São elegíveis projectos culturais nas suas variadas formas de manifestação, tais como arquitectura, artes cénicas, artes plásticas, cinema, circo, dança, design, fotografia, gastronomia, literatura, música e teatro.

ghfdretryjdgdhtyrjehdf.jpg

“Embarque na Escrita Poética” é o título do primeiro livro da jovem Celina Sheila, lançado esta terça-feira, na Cidade de Maputo.

datonggl.jpg

Está patente na galeria, Dathonga, na praia de Tofo em Inhambane, uma exposição artística colectiva com destaque para as obras do conceituado artista Gonçalo Mabunda da Capital do país.

A galeria oferece no mesmo espaço, varias manifestações artísticas do país bem como uma fusão de sabores gastronómicos internacionais. 

quarta, 25 janeiro 2017 15:51

X festival da Marrabenta

Escrito por

arjfdhsgetuhsgd.jpg

A edição deste ano do festival da Marrabenta terá lugar apenas na cidade e Província de Maputo.
Os organizadores do evento falam da necessidade de uma melhor organização para conferir maior qualidade a festa cultural.

nvdstlvr.jpg

Foi lançado o livro com o título "há um destino novo", na cidade de Pemba, província de Cabo Delgado.

De autoria de Ben Jone, a obra retrata a história de um passado recente e apela para necessidade de coesão social entre os moçambicanos. 

domingo, 18 dezembro 2016 15:56

Cultura para apoiar vítimas de Caphiridzange

Escrito por

ttsarau.jpg

Em Tete, Sarau cultural, angaria 190 mil meticais, para às vítimas da tragédia de Caphiridzange.

A iniciativa é do governo provincial e visa suprir algumas necessidades das vítimas.

quarta, 14 dezembro 2016 15:59

Maputo já tem alternativas à cinemas em sala fechada

Escrito por

erhrkjdhrkyjdjrjuejdj.jpg

Desta vez foram mais longe e agendaram para os dias 16, 17 e 18 de Dezembro corrente, três sessões de cinema nesta ruína em frente ao Ministério do Interior, onde projectaram uma sala de cinema improvisada com capacidade para cerca de trezentas pessoas.
Denomina-se Estúdio cinco e é composto por um grupo de estudantes de arquitectura do ISCTEM, que decidiu criar projectos artístico/arquitectónico que visam trazer a diferença para a cidade de Maputo, tendo surgido o ”Maputo Cinema Festival”.
O projecto, agendado para o fim-de- semana, pretende ser uma alternativa à falta de salas de cinema, criando uma forma inteligente de cruzar diferentes manifestações artísticas.
Um projecto que visa explorar espaços com potencial de adaptação para salas de cinema temporárias e onde qualquer pessoa possa participar sem que tenha que comprar o ingresso de entrada.
A primeira sessão experimental ocorreu em Agosto do corrente ano, no Miradouro/Caracol, com três sessões de cinema, onde foi improvisada uma sala de cinema ao ar livre para cerca de 100 pessoas.
A proposta para as sessões é o filme “ Waste Land/ Lixo Extraordinário, dos Produtores brasileiros, Vik Muniz e Lucy Walker.

wyrwk5rjtdryehthrjdumyr.jpg

Está patente no Centro Recreativo Estudantil da Universidade Politécnica a exposição intitulada “é normal ser especial”.
Parte do valor arrecadado das obras de 5 artistas moçambicanos reverter-se-á a favor das crianças do Centro Dom Orion, na Cidade de Maputo.
São mais de 20 quadros que dão cor e brilho ao Centro Recreativo Estudantil da Universidade Politécnica, na Cidade de Maputo. Os 5 artistas, são eles, Circle Langa, Pinto Zulo, Djive, Pinto e Tsenane, abraçaram a causa da deficiência e com as suas obras pretendem demonstrar o carinho que têm para com esta camada social do país. Os quadros retratam a vivência no dia-a-dia, com destaque para as zonas rurais de Moçambique.
O Curioso no futuro de Moçambique é obra de Pinto Zulo. Djive trás algumas obras sem título deixando deste modo à imaginação do apreciador. Circle Langa levou à exposição, as obras Gestores ambientais. Os rostos de Malangatana e Carlos Cardoso estão igualmente retratados nesta exposição.
A cooperativa “Semeia Sorrisos” é uma organização sem fins lucrativos com o objectivo de melhorar a vida de pessoas com deficiência mental e doenças raras, ao nível nacional. Dentre outras actividades, a Cooperativa dedica-se a advogar a causa da deficiência.

sexta, 02 dezembro 2016 15:14

Institutos de línguas vão passar a leccionar Bantu

Escrito por

DSC00319.JPG

Institutos de Línguas a nível nacional vão introduzir o ensino de línguas Bantu.
O curso tem como público-alvo, cidadãos nacionais e estrangeiros com destaque, para membros de organizações que trabalham com as comunidades locais.

Pág. 1 de 2

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 69.30 70.68
USD 64.65 65.95
ZAR 4.92 5.02
Fonte: BCI, 21 de Abril de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small