img023182-135-20160311-121926.jpg

Circulam desde hoje, nas redes sociais, informações segundo as quais o músico-saxofonista moçambicano Moreira Chonguiça foi detido em Londres por posse de dois quilogramas de cocaína.

As informações não constituem a verdade. Chonguiça está em Maputo e lamenta o facto de gente de má-fé estar a investir contra ele.

Hoje, a equipa de reportagem da TVM encontrou Moreira Chonguiça num convívio com amigos numa casa de pasto na cidade de Maputo.

A notícia chocou, não apenas ao Moreira mas também aos amigos e companheiros de trabalho que não paravam de telefonar para mostrar sua solidariedade. 

 16830214_1384241608300455_698190227_n.jpg

Circulam desde hoje, nas redes sociais, informações segundo as quais o músico-saxofonista moçambicano Moreira Chonguiça foi detido em Londres por posse de dois quilogramas de cocaína.

As informações não constituem a verdade. Chonguiça está em Maputo e lamenta o facto de gente de má-fé estar a investir contra ele.

Hoje, a equipa de reportagem da TVM encontrou Moreira Chonguiça num convívio com amigos numa casa de pasto na cidade de Maputo.

A notícia chocou, não apenas ao Moreira mas também aos amigos e companheiros de trabalho que não paravam de telefonar para mostrar sua solidariedade. 

htrhtehrrhrjh5jygebregb.jpg

Explosão de uma botija de gasolina, deixa gravemente ferida uma cidadã no distrito de Metuge, em Cabo Delgado. As autoridades de saúde consideram de crítico o estado da paciente.
Informações não confirmadas, dão conta que um pedido de divórcio pelo parceiro estaria na origem do sucedido e que consequentemente a cidadã tenha tentado se suicidar.

DRURFUKGKUGY.jpg

Turista espanhol escala 50 países africanos de motorizada, com objectivo de transmitir mensagem de Paz e União entre os povos.
Muxúngue , em Sofala, no centro de Moçambique é um dos pontos escalados por Estevan Garcia, na companhia da esposa e de um amigo com quem se cruzou na aventura à África.

GHFYJTYJDDRTHSTHDR.jpg

Moçambique alcançou na última campanha de produção, 220 mil toneladas de feijão bóer e uloco, um número recorde atingido na produção destas variedades no país.
O facto foi anunciado no acto da inauguração da maior fábrica do país, de processamento de feijão bóer e uloco, localizada em Nacala-Porto.
O acto inaugural foi orientado pelo presidente da República, Filipe Nyusi.

download.jpg

O Sucessor de José Eduardo dos Santos, presidente de Angola, garantiu aos Angolanos que caso ganhe nas eleições de Agosto, o combate a corrupção será prioridade da agenda governativa.
João Lourenço falava hoje, na cidade de Lubango numa cerimónia pública de apresentação do candidato realizada pelo partido no poder, MPLA.
“Apertar o cerco a corrupção” é o principal manifesto eleitoral que se pode transformar em programa de governação de Joao Lourenço, sucessor de José Eduardo dos Santos.
O candidato do MPLA, partido no poder em Angola, apresentou-se oficialmente hoje, em Lubango, segunda maior cidade do país, perante cerca de cem mil apoiantes.
A corrupção tem sido acusada por várias forças da sociedade Angolana e fora, como estando a marcar severamente a administração do actual governo. E como estratégia eleitoral, alguns analistas vêm o MPLA e o seu candidato a usarem o Combate como a palavra-chave.
Facto é que, de agora para Agosto, altura marcada para as eleições gerais, pouco tempo resta para convencer o eleitorado.
Entretanto a ser concretizada a promessa de “cerco apertado” à corrupção, a acção poderá dar uma reviravolta. É que alguns membros do governo do dia são citados como envolvidos em casos de corrupção. E o caso mais recente é de Manuel Vicente, vice-presidente de Angola e ex-presidente da petrolífera Sonangol, acusado de branqueamento de capitais pelas instituições de direito de Portugal. Factos como estes podem ser aproveitados como cavalo-de-batalha dos opositores políticos de João Lourenço e seu partido.

er6uuuuurtsheyhrhert.jpg

Conselho Municipal da Matola e a empresa Higest alcançam consenso sobre a gestão das águas residuais do processamento de frangos naquela fábrica que constituíam perigo à saúde pública.
A unidade fabril situa-se no bairro Bunhiça, onde os residentes já pediam intervenção das autoridades para estancar a poluição.
Em Bunhiça, as famílias residentes nas proximidades da empresa Higest, apresentaram ao edil da Matola o antigo problema das águas residuais drenadas pela fábrica que emitem um cheiro nauseabundo, o que segundo os moradores representa um atentado à saúde pública.

we54yw2346wehtr5h.jpg

A família e vizinhos do indivíduo que faleceu por ter sido queimado pela esposa estão agastados e pedem que a esposa de Ruben Matsombe, seja responsabilizada pelo acto macabro.
Para estes o pior é o facto da família da esposa do não indicar onde esta se encontra. Facto que, para os lesados, a Mulher de Ruben Matsombe não pretende assumir o acto muito menos se redimir.
Entretanto algumas fontes indicam que a indiciada encontra-se detida.

I5E6RTHEAWYdr6udrj.jpg

“Plantas Alimentares e Medicinais em Moçambique” é título de um livro lançado pelo Ministério da Saúde.
Produzida pela equipa de investigação do Instituto de Medicina Tradicional, a obra vai contribuir para a melhoria da dieta alimentar e da saúde dos moçambicanos.
De entre as plantas apresentadas na obra literária encontram-se algumas que curam doenças crónicas como a hipertensão. Outras minoram o impacto das doenças degenerativas.

Banco_Mundial_vai_desembolsar_400_milhões_de_dólares_para_dinamizar_economia_rural.jpg

Cerca de 400 Milhões de dólares Norte Americanos serão investidos nos próximos anos no país pelo Banco Mundial em iniciativas que estimulem a economia rural e desenvolvimento de cadeias de valor sustentável agrícolas e florestal.
Melhoria das vias de acesso as zonas de maior produção e de comercialização, reposição das áreas florestais degradadas foi anunciado pelo representante do Banco Mundial esta sexta-feira, no acto do lançamento do projecto integrado de Agricultura e Recursos naturais, SUSTENTA.

ejthhtjrtddhfdfhdt.jpg

Presidente da República inaugurou este Sábado, em Nacala uma fábrica de produção de estruturas metálicas.
O empreendimento é de capitais portugueses e tem como visão estratégica alimentar o projecto de gás natural da Bacia do Rovuma.
Filipe Nyusi disse que Moçambique tem vindo a ser destino preferencial de grandes investimentos porque os accionistas acreditam e confiam no ambiente político e económico prevalecente no país.

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 74.03 75.51
USD 69.56 70.95
ZAR 5.18 5.28
Fonte: BCI, 16 de Março de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small