seara1.jpg

Director Nacional da Veterinária afirma que Moçambique está em alerta contra a gripe aviaria devido ao surto da doença no vizinho Zimbabwe.
Segundo Américo Conceição, o governo decidiu interditar a passagem de produtos de aves pelo país para prevenir a contaminação.
Já foram accionados mecanismos nas regiões fronteiriças de Tete, Manica e Gaza para impedir a entrada de aves ou produtos derivados vindos daquele país vizinho.
O director nacional da Veterinária Miguel da Conceição falou ainda do arranque em Julho da campanha de vacinação contra Newcastle no país.

CONFERÊNCIA INVESTIMENTOS Operadores turísticos criam parcerias com empresários portugueses e tswanas.jpg

Operadores turísticos em Inhambane apostam em parcerias com investidores nacionais e estrangeiros para dinamizar a actividade turística na Província
Portugal e Botswana são alguns países que os operadores esperam firmar acordos, devido experiencia que têm no turismo nas áreas de conservação.
Decorre na província de Inhambane a Conferencia de Investidores presidida pelo Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, em representação do Chefe de Estado.

COMBATE DESVIO FUNDOS Ministros e vice-ministros formados em sistema de adm. financeira.jpg

Catorze ministros e dez vice-ministros foram capacitados, num curso dirigido pelo Centro de Desenvolvimento de Sistema de Informação de Finanças, com vista a reduzir desvios de fundos do Estado.
Ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane, quer ver reforçada a segurança financeira do Estado, para a redução de casos de desvio de fundos nas instituições públicas.
A intervenção humana, substituída por plataformas informáticas, é considerada eficaz para a redução de fraudes nas instituições do governo. Daí que o e-Sistafe deve ser constantemente actualizado, afirma o titular da pasta das finanças.

ENERGIA ELÉCTRICA ATÉ 2042 Moçambique necessita de 40 milhões de USD para custos de geração.jpg
Moçambique necessita de quarenta milhões de dólares para suportar os custos de geração de energia eléctrica para satisfazer a demanda nacional e regional até 2042.

São dados revelados num estudo preliminar elaborado por um grupo de especialistas da Agencia Japonesa de Cooperação Internacional.

A demanda de energia eléctrica no país poderá continuar na ordem dos 8,6 %, podendo nos próximos 20 anos sair dos actuais 3,908 Gw/h para 35, 444 Gw/h

A nível da região austral, a procura de energia, também poderá continuar a comportar-se da mesma forma.

De acordo com especialistas da Agência Japonesa para a Cooperação Internacional, o novo Plano Director de Desenvolvimento do Sistema Nacional de Energia deve orientar-se nestes indicadores.

Moçambique tem tudo que precisa para se tornar no maior produtor e fornecedor da corrente eléctrica na região.

Mas a maior atenção deve ser dada à necessidade do país maximizar a capacidade nacional de produção de energia fotovoltaica e eólica.

De acordo com os japoneses, isso vai permitir que o país precise de mobilizar cerca de dezasseis milhões de dólares para satisfazer a procura interna e cerca de dezanove milhões de dólares para satisfazer a demanda nos países da região.

9d9dd195ffadf92e3147b6f02a29187d_L.jpg

É esperado esta sexta-feira, na cidade de Lichinga, o primeiro comboio de mercadorias do Corredor de Desenvolvimento do Norte na linha férrea Nacala / Nampula / Cuamba / Lichinga.

O governador do Niassa desafia a população a maximizar o comboio de mercadorias aumentando a produção e produtividade agrárias.

Alfândegas de Moçambique apreendem 3 mil caixas de bebidas e tabaco.jpg

Alfândegas de Moçambique apreendem cerca de 3 mil caixas de bebidas alcoólicas diversas num armazém localizado no centro da cidade da Matola, província de Maputo.

A mercadoria supostamente contrabandeada foi apreendida no contexto da fiscalização da selagem de bebidas e tabaco importados. 

Terceiro Transformador da EDM roubado em menos de 10 dias.jpg

Em Nacala – Porto, desconhecidos derrubam, vandalizam e roubam transformador de potência da Empresa Electricidade de Moçambique avaliado em cerca de um milhão de Meticais.

Trata-se do terceiro caso em menos de dez dias, obrigando assim a interrupção de fornecimento de energia por tempo indeterminado a mais de quatrocentos clientes do bairro do triângulo, incluindo várias unidades fabris da periferia.

Detidos supostos ladroes de trinta toneladas fertilizantes.jpg

Cinco indivíduos estão detidos na Beira indiciados no crime de furto de seiscentos sacos de fertilizante correspondente a trinta toneladas numa empresa localizada no interior do Porto da Beira.
Os malfeitores forjaram uma requisição para sacar o produto num camião.

quinta, 15 junho 2017 15:07

Portagens da TRAC agravam tarifas

Portagens da TRAC agravam tarifas.jpg

A Trans African Concessions (TRAC), concessionária da Estrada Nacional Quatro (N4), vai agravar as tarifas das portagens de Maputo e Moamba, com efeitos a partir do dia 1 de Julho próximo.
Na portagem de Maputo, por exemplo, a tarifa passa de 25 para 30 meticais para os veículos ligeiros.
Na Portagem de Maputo, os veículos da classe 1- motociclos e carros ligeiros com ou sem atrelado, passam a pagar 30 meticais contra os actuais 25 meticais. Para os veículos de classe 2, carga média com até dois eixos, a tarifa será de 100 mt contra 85 meticais actuais. Para a classe 3, destinados à carga pesada, com três ou quatro eixos, e da classe 4, veículos de carga pesada com cinco ou mais eixos, as novas tarifas são 350 e 500 mt respectivamente contra os actuais 220 e 370 meticais actuais.
Já na Portagem da Moamba, as tarifas passam a ser de 150 contra 135 mt para os veículos de classe 1; de 380 mt para os veículos de classe 2 contra os actuais 330 mt; os veículos de classe 3 passam de 850mt para 1.100mt e os veículos de classe 4 passam de 1100mt para 1.500 mt.
Em comunicado enviado à nossa redacção, a TRAC salienta que os ajustamentos das tarifas deviam ser feitas numa base anual, mas para aos veículos de classes 1 e 2, a TRAC não agravava os valores desde 2013. Para as classes 3 e 4, a última subida de preços foi em 2014, segundo o comunicado da TRAC.
As taxas descontadas das viaturas dos transportes semi-colectivos e públicos de passageiros não serão alteradas.
Os carros de classe 1 continuarão a pagar 15 meticais em Maputo e 81mt na Moamba. Para a classe 2, as tarifas são de 51mt na portagem de Maputo e 198mt na Moamba.
O TRAC justifica o aumento com a necessidade de garantir verbas de manutenção da estrada e garantir qualidade e segurança necessárias para os utentes e permitir que o Governo encaixe dividendos com vista a materialização de vários projectos.

Presidente da República diz que a imagem do país está a mudar.jpg

O Presidente da República considera que Moçambique tem estado a mudar significativamente a imagem negativa que passou ao mundo nos últimos anos de um país assolado pelo conflito armado e de incumprimento das normas que regem a política de cooperação com as instituições de Bretton Woods.
Filipe Nyusi diz que, o país está progressivamente a restituir a confiança junto dos potenciais parceiros e investidores internacionais.
Falando a comunidade moçambicana nos Estados Unidos da América, Filipe Nyusi, começou por explicar a razão da participação no Fórum do Conselho Corporativo para África e na décima primeira cimeira bienal EUA-África.
Nyusi lembrou a importância do convite aos eventos para Moçambique afirmando que, os mesmos traduzem um reganho de confiança num país ainda há bem pouco tempo considerado como não respondendo aos índices aceitáveis de promoção de um bom ambiente de negócio

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 66.85 68.19
USD 59.85 61.05
ZAR 4.58 4.68
Fonte: BCI, 20 de Junho de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small